24.3.07

Eu sou uma Bruxa

Eu sou uma bruxa
Com rimas e razões.
Eu estou em mudança como as estações.
Minha mãe é a lua,
Meu pai é o sol,
Eu sou uma com a Deusa Terra.

Eu sou uma bruxa, uma criança Pagã.
Espírito da natureza da mãe selvagem
Cresce dentro de mim, flui dentro de mim,
Serpenteando como um córrego enfeitiçado,
Encantando cada meu despertar sonhando.

Eu respiro o ar da libertação,
Eu tendo o fogo da transformação,
Eu bebo a água da criação,
A Magia da Terra é minha conjuração.

Eu sou uma bruxa da sombra e ilumino-me,
Do vôo das névoas e dos corvos de Avalon.
Eu sou uma bruxa, com orgulho dizer Eu,
Para uma bruxa a alma nunca morre.

Gerina Dunwich
Tradução de Daniel Calegari e Ayesha Tamarix
http://webgtp.com/gtp/index.php

Original site Gerina Dunwich:
http://www.freewebs.com/gerinadunwich/




A tempos eu não postava aqui no SPS, antes que perguntem: não, não aconteceu nada comigo, apenas o dia-a-dia tem me deixado um tanto longe de "muitas coisas" que eu gosto. Mas confesso que precisei dar um tempinho a mim e postar essa poesia tão linda e que bateu tão fundo. Mas uma vez a sensibilidade da Ayesha Tamarix, tocou em mim.

Paz e Luz à todos.


Ps: Em alguns dias este blog estará com um novo layout.

2 comentários:

zjaroszewski disse...

E claro que promessa é dívida, estarei conferindo. Estou feliz com a última imagem de espírito de minha linda irmã. Bjs

Priscila disse...

Silvana muito linda poesia, bateu al dentro..ah é vc n me conhece, eu tava passeando pela net e achei seu cantinho aqui ^^

É estranho mas essa poesia me trouxe um sentimento bom q eu n sentia a muito tempo... se puder da uma passada aqui: www.fotolog.com/portas_d_alma e olha o q vc acha... Bjus